Painel CNT – Passado, presente e futuro da profissão de motorista

Andressa Scapini e João Victor Mendes, apresentaram o Painel CNT: Painel CNT – Passado, presente e futuro da profissão de motorista. O debate trouxe temas importantes para a profissão de caminhoneiro. Formada em direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos, Andessa Scapini, atua no ramo do transporte rodoviário de cargas completas desde 2005 junto à empresa familiar, como consultora jurídica interna na Scala Logística e comentou o quanto a tecnologia está mudando a vida do profissional para melhor.

“Precisamos lembrar que estamos em uma transição de geração. Os profissionais que vão para o mercado precisam de tecnologia. O perfil é esse. O que temos a disposição no mercado são veículos com alta tecnologia embarcada e isso converge os interesses sendo a grande oportunidade de especialização da mão de obra do caminhoneiro”, disse.

A palestrante atua no âmbito de representação de classe junto ao SETCERGS, na qualidade de Coordenadora da Comissão de Relações do Trabalho; vice-Presidente do Setal – Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Cargas e Logística da Fronteira Oeste do RS e membro da diretoria da ACIL – Associação Comercial e Industrial de Lajeado/RS, na qualidade de Diretora de Logística. Ela destacou ainda necessidades que precisam ser cumpridas no Brasil para melhoria da qualidade de vida do caminhoneiro.

“Ainda é preciso melhorar a infraestrutura ao longo da estrada para garantir pontos de parada para descanso adequado e segurança para o caminhoneiro. É o básico: um bom banho e restaurante. Eles precisam se reestabelecerem adequadamente”, completou.

O diretor Executivo do ITL (Instituto de Transporte e Logística), instituição criada e organizada pelo sistema CNT, que capacita gestores e executivos de empresas de transporte em cursos de pós-graduação e certificação internacional, ministrados por instituições de renome internacional, João Victor Mendes, destacou

“A formação do motorista é muito importante. O Sistema CNT pensa no passado, presente e futuro”, disse.

O palestrante é graduado em História, Filosofia e Direito, pós-graduado em Administração Pública Municipal, e Mestre em Direito Constitucional. Atuou como professor universitário, advogado, diretor de faculdade, chefe de gabinete do Vice-Governador de Minas Gerais, vereador, secretário municipal de Educação e Cultura, e secretário municipal da Fazenda. Integrou o Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais, e desde 2002, é membro do Conselho Curador da Fundação de Ensino e Pesquisa do Sul de Minas.

Redação e coordenação: Marcelo Matusiak