Presidente do SETCERGS, Sérgio Mário Gabardo recebe na TranspoSul título de Cidadão de Porto Alegre

A tarde desta terça-feira (14/06) foi ainda mais especial na 22a TranspoSul. O empresário Sérgio Mário Gabardo e presidente do SETCERGS – Sindicato das Empresas de Transportes de Carga e Logística do Rio Grande Do Sul, Sérgio Mário Gabardo, recebeu a outorga no pavilhão de eventos da Federação das Indústrias do Estado (FIERGS), no segundo dia de realização do evento que reúne empresas e profissionais do setor. Emocionado, Gabardo agradeceu o título recebido.

“Hoje é um dia extremamente feliz para mim, por receber um título desta grandeza. Serei eternamente grato ao legislativo municipal, e a todos que me ajudaram a construir e a realizar os feitos que justificaram tamanha homenagem”, afirmou.

O vereador, Idenir Cecchim, destacou o trabalho do homenageado em prol dos porto-alegrenses.

“Gabardo tem uma história de trabalho, coragem para empreender, geração de emprego e desenvolvimento para a nossa Capital e nosso Estado. Um homem que, assim como eu, veio do interior e construiu aqui sua vida e família. É uma trajetória que orgulha a todos nós. Não apenas pela história de sucesso, mas principalmente pelas ações sociais realizadas por ele, muitas vezes de forma anônima”, ressaltou.

História

Nascido em Nova Bassano, na Serra gaúcha, Gabardo foi agricultor, motorista de caminhão e estudante de Direito, antes de fundar uma empresa especializada no transporte de veículos, no bairro Anchieta, na zona Norte da Capital. Atualmente, o homenageado empreende no setor logístico, turístico, da construção civil e imobiliário. Gabardo é presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Carga e Logística no Estado do Rio Grande do Sul (Setcergs), vice-presidente do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos no Estado do Rio Grande do Sul (Sincodiv-RS), da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) e da Federação das Empresas de Logística e Transporte de Cargas no Rio Grande do Sul (Fetransul).

Além da carreira empresarial, desde 2016 apoia a Liga Feminina de Combate ao Câncer e o Projeto Pescar, que oferece formação profissional a jovens de 16 a 19 anos com renda familiar de, no máximo, meio salário-mínimo por pessoa e que já beneficiou cerca de 33 mil jovens.

Redação e coordenação: Marcelo Matusiak